• A FRAGOLETO REGRESSOU À BAIXA DE LISBOA

    A Fragoleto abriu uma nova gelataria na Rua do Comércio, 15 (ao lado do Hotel Turim), bem no coração da Baixa lisboeta.

    Após quase dois anos de ausência, devido às contingências da pandemia Covid-19, a Fragoleto volta a marcar presença numa zona da cidade à qual sempre esteve associada. Os clientes da Fragoleto podem apreciar neste local mais de 20 sabores de gelado, desde os clássicos até aos sabores originais e exclusivos (por exemplo, o gelado Mediterrânico, eleito o melhor gelado português em 2018 pelo júri do Gelato Festival). Alguns destes sabores são vegan e também existem opções sem açúcar adicionado. Outras opções imperdíveis na nova loja da Fragoleto: os gelados biológicos de pauzinho (icepop) de fruta ou de leite (com cobertura de chocolate), sumos naturais, smoothies e café biológico.

  • FRAGOLETO VENCE PRÉMIO INTERMARCHÉ PRODUÇÃO NACIONAL

    O Gelado Mediterrânico, criado pela Fragoleto, venceu a 7ª edição do Prémio Intermarché Produção Nacional na categoria “Inovação em Embalagem”.

    O Gelado biológico Mediterrânico, feito a partir de frutos secos típicos do Algarve – alfarroba, amêndoa, avelã e figo – venceu a 7ª edição do Prémio Intermarché Produção Nacional na categoria “Inovação em Embalagem”. Uma distinção que resulta não só desta deliciosa combinação de sabores, mas também do facto deste gelado da Fragoleto chegar ao consumidor em caixas isotérmicas de 400 ml que são 100% compostáveis. Ou seja, este recipiente  é totalmente biodegradável.

    Ao mesmo tempo é de salientar que o gelado Mediterrânico cumpre todas as preocupações de sustentabilidade social que a marca Fragoleto tem vindo a colocar na sua atividade. As matérias-primas são 100% portuguesas e biológicas, reduzindo assim ao mínimo a pegada de CO2 contribuindo para gerar riqueza para uma rede de produtores locais. Por exemplo, a alfarroba vem do Algarve, as avelãs são adquiridas a um produtor da Beira Baixa e os figos e as amêndoas provêm de Trás-os-Montes. Como corolário desta estratégia de privilegiar a matéria-prima nacional, o gelado Mediterrânico adquiriu em 2020 o selo “Portugal Sou Eu”.

    Esta não é a primeira vez que o Gelado Mediterrânico foi distinguida por um júri. Em 2018, este gelado biológico da Fragoleto venceu a edição portuguesa do Gelato Festival e vai representar Portugal na final europeia que se deverá realizar em 2021.